HBSIS
HB.Prever ultrapassa marca de 2 milhões de vidas monitoradas

Desenvolvido pela HBSIS, software auxilia no monitoramento e mensuração de resultados de programas de medicina preventiva e já registrou crescimento de 30% em 2014

Desde 2008 a HBSIS atua também na área de saúde através da solução para medicina preventiva HB.Prever. O software, que auxilia na redução de custos e na mensuração de resultados dos programas de prevenção das operadoras de planos de saúde já atua em todo o país. No segundo semestre de 2014, superou a marca de 2 milhões de vidas monitoradas.

Odair Benhke, gerente de marketing da HBSIS, destaca que a marca alcançada pela solução mostra a importância que a medicina preventiva ganha no país. “O HB.Prever surgiu de uma percepção da HBSIS quando este mercado começava a ganhar forma no Brasil. Testamos e aprimoramos o software dentro da própria empresa, utilizando-o no controle de índices de saúde de nossos profissionais. O fruto desse trabalho, que começou dentro de casa e hoje já auxilia no controle da saúde de 2 milhões de pessoas em todo o país, é uma redução de custos e a melhora significativa da qualidade de vida dos participantes”, destaca.

Com registros de custos cada vez mais elevados (em 2013 foi de 16%, três vezes mais do que a inflação do país), principalmente em procedimentos de alta complexidade, as operadoras estão cada vez mais atuantes quando se trata de medicina preventiva. Prova disso é o crescimento que o HB.Prever registrou em 2014. Além da marca de 2 milhões de vida, a vertical Saúde da HBSIS já registrou crescimento de 30% no número de contratos neste ano em relação a 2013.

Para garantir a proximidade com o mercado de healthcare e manter o ritmo de atuação, a HBSIS também aposta em parcerias extra contratuais. No último mês, por exemplo, a empresa se tornou afiliada da Aliança para Saúde Populacional (ASAP), associação sem fins econômicos, que busca mudanças para o setor de saúde privado. A entidade busca promover uma série de ações para melhorar os resultados da saúde brasileira, no que diz respeito ao atendimento e práticas relacionadas ao setor.

Fonte: Melz | Assessoria de imprensa - HBSIS