HBSIS
Fundação Assistencial dos Servidores do Ministério da Fazenda (Assefaz) de Brasília adota HB.Prever

A Fundação Assistencial dos Servidores do Ministério da Fazenda (Assefaz) é uma operadora de planos de saúde de autogestão, criada há 32 anos para dar mais qualidade de vida aos colaboradores do setor e dos seus dependentes.

A filial de Brasília da entidade é a nova conta do HB.Prever, solução da HBSIS, que monitora os dados dos associados para gerar mais assertividade em programas de prevenção à saúde. Ao todo, 30 mil vidas compõem a carteira de clientes da operadora brasiliense. Em todos os estados brasileiros a Assefaz já soma 80 mil usuários e uma rede credenciada, com aproximadamente 14 mil prestadores, entre hospitais, clínicas, laboratórios e profissionais de saúde.

Juliana Luiza Lucca, executiva de contas da HBSIS, comenta que a Assefaz é um cliente estratégico. “Como a operadora possui filiais em todos os estados, o HB.Prever ganha muito em representatividade e abrangência também para os outros estados. Nossa intenção é, através desse fechamento, conquistar novas filiais”, diz.

A implantação do HB.Prever iniciou em setembro e a solução começa a operar já no próximo mês. Para a Dra. Alix Pessoa Cortez, coordenadora nacional de promoção e prevenção da operadora, a expectativa da operadora é monitorar em tempo real os beneficiários dos programas de promoção da saúde. “Optamos pela solução porque trata-se de uma ferramenta baseada nos padrões da Agência Nacional de Saúde (ANS). É um sistema web, permitindo acesso com mais facilidade aos participantes e com total segurança para o gestor. Além disso será feito o acompanhamento das atividades e informações gerenciais em tempo real”, conta.

Entre as principais ações de promoção da saúde realizadas pela Assefaz, estão quatro os subprogramas do Programa PAISaúde, que atuam de forma integrada (PAID – Internação Domiciliar; PAIC- Assistência aos Crônicos que não deambulam (em domicilio); PAIPrever – Assistência Ambulatorial dos crônicos (diabéticos, hipertensos, DPOC) e PAISocial – Assistência Social por tipos de ações específicas, como o PBM – Programa de Benefício de Medicamentos). Além disso são realizadas atividades monitoradas em academias, campanha de prevenção de cárie dentária em crianças até 12 anos, entre outros.